Máquina de Cartão Boa é um blog sobre Fintechs e Soluções de Pagamentos

Descubra quais são as melhores fintechs e marcas de maquininhas de cartões para você usar no seu negócio, com um ótimo custo benefício.

Somos especialistas no assunto.

Qual a função da máquina de cartão para o seu negócio?

Qualquer comércio – independente do seu tamanho – precisa aprimorar o relacionamento entre vendedor e cliente.

Um item que pode garantir melhor relacionamento entre cliente e vendedor pode ser por meio da garantia da aceitação de vários tipos de bandeiras de pagamento.

Além de facilitar a venda e melhorar a relação entre todos os envolvidos, o comércio também consegue gerar mais credibilidade ao estabelecimento.

Logo, por conta da preocupação com o cliente, as maquinas de cartão estão cada vez mais populares.

Por isso, não é necessário ir tão longe para observar essa revolução comercial, pois as máquinas de cartão chegaram para facilitador à vida de clientes e vendedores.

Afinal, hoje sem elas o comerciante também perde muitas vendas, visto que representa uma grande fatia do poder de compra atual.

Motivos para isso existem muitos, como a segurança em não andar com dinheiro e até a troca de pagamentos do cartão em bônus que incentivada por várias operadoras de cartão.

Contudo, vale destacar que não pode haver atrasos no pagamento, uma vez que o poder de compra do cartão é sempre positivo quando administrado corretamente.

Como funciona uma máquina de cartão?

A cada dia, as máquinas de cartão estão cada vez mais tecnológicas e compactas.

E mais, elas estão também estão inseridas no cotidiano de diversos estabelecimentos, empresas, negócios e empresas.

Esse cenário decorre pelo fato de serem considerados equipamentos essenciais para manter a saúde de qualquer negócio.

Afinal, hoje as máquinas de cartão conseguem manter saudável o setor financeiro e faturamento da sua empresa.

Por conta disso, a indústria de processamento é vista por muitos como a mais tecnológica e segura do mercado.

Logo, o sistema tecnológico que garante o funcionamento da máquina de cartão está cada vez mais simples.

De forma geral, o equipamento é ativado quando os terminais entram em contato com o servidor.

Por sua vez, o servidor também ativa os chamados autorizadores para efetuar a transação de crédito ou débito.

Todo esse sistema se dá por meio do uso de internet ou linha telefônica de forma precisa, rápida e até segura.

Uma vez que todo o sistema é criado por meio do sistema de segurança que criptografa todos os dados do vendedor e cliente.

Por isso, quando as autoridades encaminham a resposta, a transação em alguns segundos já é efetivada.

Assim como tem a possibilidade de receber em alguns segundo a mensagem de compra não aprovada.

Vale lembrar que existem vários tipos de máquinas de cartão como, por exemplo, por meio do seu celular.

No entanto, mesmo sendo no celular, o sistema operacional de funcionamento é básico.

Logo, o sistema explicado aqui é aplicado nas convencionais equipamentos de processamento de pagamentos.

Como adquirir uma máquina de cartão?

Para adquirir uma máquina de cartão você pode escolher uma das seguintes opções:

  • Buscar por uma loja física ou representante de uma marca de máquina de cartão;
  • Ir até o site da máquina de cartão e assim fazer compra ou pedido do aparelho;
  • Também tem a opção de procurar a sua agencia bancária, uma vez que a maioria delas oferta esse tipo de produto ou equipamento.

Ou seja, diante dessas opções é possível dizer que cada uma possui etapas de contratação diferentes.

Afinal, cada uma das formas de aquisição possuem seus procedimentos internos de venda da máquina diferente.

No entanto, a cada dia está mais fácil adquirir uma máquina de cartão, visto que as empresas estão oferecendo opção de compra online ou por ligação telefônica.

De forma geral, é necessário informar os dados pessoais ou do seu negócio para comprar um aparelho.

Em alguns casos é obrigatório informar a conta bancária, o faturamento mensal e o ramo de atividade do negócio.

Também há empresas que vendem máquinas de cartão que chega oferecer conta bancário gratuito e pré-pago para serem depositadas as vendas recebidas.

Ou seja, está cada vez mais fácil adquirir uma máquina de cartão aqui no Brasil.

Qual a melhor máquina de cartão para quem está começando?

Essa pergunta é muito difícil de responder, visto que a melhor máquina para quem está começando será aquela que se adaptar melhor ao seu negócio.

Logo, é necessário você pesquisar na internet, principalmente nos sites especializados no assunto para descobrir o melhor modelo de aparelho.

Agora, se você for uma pessoa que está começando um negócio, sendo por meio de:

  • Pessoa física,
  • Vendedor ambulante,
  • Vendedores em geral;
  • Feirantes;
  • Microempreendedor Individual (MEI).

O certo, até o momento, é que são as maquininhas de cartão acopladas no celular as opções mais indicadas.

Uma vez que o custo de aquisição e das taxas são mais baratas e totalmente acessíveis.

Isso decorre pelo fato de ser o nicho de mercado mais concorrido, uma vez que é desenvolvida especialmente para micro e pequenos empreendedores.

Quais as opções de máquinas de cartão?

Opções de máquina de cartão são o que não falta no mercado de processamento de pagamentos.

Hoje é possível encontrar diversos modelos e características que foram desenvolvidas para cada tipo de estabelecimento, empresa, negócio ou loja.

Nesse sentido, você pode encontrar as seguintes opções de máquina de cartão como, pr exemplo:

  • Modelos fixos (com fio) ou móveis (sem fio).
  • Há máquinas que aceitam cartões de crédito e débito;
  • Aparelhos que aceitam tarja magnética ou chip;
  • Equipamentos que fazem o parcelamento das vendas;
  • Também tem equipamentos que realizam os pagamentos sem contato;
  • Dispositivos que fazem pagamento por meio de QR Code;
  • Há máquinas que usam linha telefônica comum ou internet banda larga para fazer transações;
  • Aparelhos que precisam de ponto de energia elétrica ou bateria para poder funcionar;
  • Equipamentos que usam sinal GPRS ou Wi-Fi que podem facilmente serem transportadas para qualquer lugar em seu bolso;
  • Equipamentos que aceitam uma cartela grande ou menor de bandeiras de cartão.

Além disso, o mercado de máquinas de cartão também oferta, até o momento, cerca de 4 tipos de aparelhos, são eles:

  • POS: Só consegue funcionar ao ser conectado numa linha telefônica. Ela chega fazer a impressão da nota sem o auxílio de outro dispositivo;
  • POS Wireless: Ela é parecida com o modelo anterior, porém, o seu diferencial é que este aparelho só funciona por meio da internet sem fio, chamada de Wi-Fi ou Wireless;
  • POO: São aparelhos que para ativar seus serviços utiliza um chip de celular, sendo necessário contratar uma operadora de telefone;
  • TEF: O equipamento deste modelo é versátil, visto que consegue aplicar suas funções utilizando internet ou conectado em um computador. Ela possui um sistema operacional formatado para executar atividades por meio de links.

Portanto, existem diversas opções de máquinas de cartão no mercado e todas as características devem ser analisadas antes da compra.

O ideal é que opte por aparelhos que conseguem suprir a necessidade de seu negócio e também de seus clientes.

Cada equipamento possui diferentes características para poder atender as diferentes seus clientes e negócio.

É possível adquirir estas máquinas de cartões com CPF ou CNPJ?

Qualquer pessoa, tanto física quanto jurídica, pode obter uma maquininha para o seu comércio, estabelecimento, negócio ou empresa.

O que vai diferenciar são as condições oferecidas pela fintech escolhida e se ela tem suporte para pessoa física e/ou jurídica.

Por conseguinte, o mercado de máquinas de cartão tem aumentado no Brasil e se podem encontrar equipamentos tradicionais, mais moderna, comprada ou até alugada.

Tudo vai depender da escolha da “empresa parceira” e das regras que compõe a mesma.

A dúvida que você pode ter é: qual a melhor máquina de cartão para pessoa física ou jurídica?

Para saber a resposta da pergunta, continue lendo este texto. Confira!

Quais tarifas são necessárias pagar para usar a maquineta de cartão?

Para você escolher uma máquina de cartão para o seu negócio é necessário saber bem informações sobre as tarifas que a compõem.

Desse modo, é bem mais fácil gerenciar o estabelecimento sem problemas futuros, certo?

Então, ao adquirir uma máquina de cartão observe o valor das seguintes tarifas como:

  • O aluguel ou o valor da compra da máquina;
  • Tarifas de adesão ao negócio;
  • Tarifas de recebimento adiantado de valores;
  • Tarifas de depósito de recebíveis;
  • Qualquer outra tarifa regulamentada pela prestadora do serviço.

Vale situar que hoje o mercado de máquinas de cartão está superaquecido no Brasil.

Logo é possível encontrar diversas ofertas de planos e cobranças de tarifas para você obter a sua máquina de cartão.

Qual máquina de cartão tem a menor taxa?

Todos os dias surgem novas empresas de máquinas de cartão no mercado brasileiro que trazem taxas e condições de aquisição acessíveis.

Então, é quase impossível especificar aqui um modelo ou uma marca que possui a taxa menor de cobrança das transações ou de aquisição.

O certo, até o momento, é que são as maquininhas de cartão acopladas no celular as opções mais baratas para receber cartão de débito ou crédito.

Isso decorre pelo fato de ser o nicho de mercado mais concorrido, uma vez que é desenvolvida especialmente para micro e pequenos empreendedores.

Ou seja, este tipo de aparelho é comercializado para aquelas pessoas que estão começando seu negócio.

Por isso, podem ser utilizados por pessoa física, vendedores ambulantes, vendedores, feirantes e até o Microempreendedor Individual (MEI).

Como calcular juros da maquina de cartão?

O primeiro passo que você deve fazer é buscar informação junto à empresa que oferta a máquina de cartão que pretende adquirir.

Em seguida, leia todas as condições para aquisição e também veja se há algum custo por transação realizada no aparelho.

Faça anotação de todas as informações coletadas em um papel ou no seu computador.

Depois, os especialistas em empreendedorismo e economia sugerem somar todos os custos.

Após essa etapa é necessário imaginar o pior cenário e caso seja necessário insira o juros da máquina de cartão no seu produto.

Para tirar mais dúvidas, procure pelos cursos presenciais ou online do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Qual é a melhor máquina de cartão de crédito?

Esse é um questionamento bastante difícil de encontrar uma resposta, na medida em que há diversas opções, planos e cobranças de tarifas das máquinas de cartão.

Com esse cenário, só quem pode responder é o responsável ou dono pelo estabelecimento, empresa, negócio ou loja.

Ou seja, quem deverá ter essa resposta é o próprio dono da empresa, visto que é dono de um poder de gerenciamento capaz de escolher o melhor equipamento que atende as necessidades de seu negócio.

Além disso, cada máquina de cartão possui características diferentes, benefícios, prós e contras.

Por isso, com esse guia você vai descobrir qual é a melhor para o seu negócio.

E mais, vai saber qual das máquinas quais os custos deste investimento que promete facilitar pagamentos e o relacionamento entre cliente e vendedor.

É seguro usar uma máquina de cartão de crédito no seu negócio?

A resposta é simples: sim!

Vender através da máquina de cartão representa uma segurança para o cliente e para o comerciante.

Logo, é dispensado o uso de dinheiro em mãos, sendo que o vendedor recebe direto na conta.

Também, quando se fala em cancelamento, é algo seguro e rápido de se fazer hoje em dia.

Seja porque está trocando de operadora ou porque desistiu do produto, atualmente esses procedimentos já não possuem nenhum tipo mistério.

É certo que a operadora vai querer negociar com você para não perder a sua compra.

Contudo, se a sua resposta ainda for negativa, entre em contato com a central com os documentos:

  • CPF se for pessoa física;
  • CNPJ se for pessoa jurídica;
  • Motivo do seu cancelamento.

Quanto tempo leva para receber os valores das vendas?

O prazo para recebimento do que foi vendido no equipamento é muito relativo, pois vai depender da política de cada operadora.

No entanto, é possível identificar uma espécie de política padrão com relação ao tempo de recebimento das ventas.

De forma geral, hoje as administradoras de cartão levam em conta duas opções para o recebimento das vendas como:

  • Para vendas à vista, na maioria das vezes, os valores são depositados em até um dia útil. Vale destacar que esse prazo é variável;
  • Para venda no crédito, em sua maior parte, leva até 30 dias para receber na conta, sendo que pode ser alterado o prazo a pedido do cliente.

Considerações finais

O mercado de máquina de cartão é algo que precisa ser avaliado em todos os seus detalhes.

Ele é um setor da economia que está em constante transformação, expansão e evolução.

Por sua vez, este cenário só decorre principalmente devido ser identificado que há sempre novidades para o seu público.

Já por outro lado, atualmente a máquina é algo que se tornou uma espécie de facilidade que é ofertado pelo comerciante como uma vantagem para o comprador.

Afinal, estes equipamentos cada vez mais tecnológicos terminam por representar uma facilidade na hora de comprar.

Contudo, é preciso saber qual a melhor operadora para não se tornar algo negativo.

Por consequência, é essencial ter certo tipo de cautela quando se pensa em adquirir uma máquina de cartão.

Logo, analisar todas as possíveis variáveis e condições para aquisição deste equipamento é uma atividade frequente em qualquer comércio, estabelecimento, lojas e qualquer negócio.

Além disso, por conta de sua tecnologia cada vez mais compacta ainda é possível realizar o gerenciamento financeiro ao permitir administrar, por exemplo, todos os gastos.

O que, na prática, termina por facilitar o gerenciamento e consequentemente é alcançado até o crescimento da empresa.

Então, vender algo sem a opção do cartão de crédito e débito se torna algo totalmente arriscado para saúde do seu negócio, pois se pode perder vendas e compras.

A tendência é que as pessoas deixem de usar as cédulas de papel, optando por opções tecnológicas, práticas e mais seguras.